Professor Ernesto Ricou pintou o quadro alusivo aos 100 anos do F. C Concordia em Lausanne

0
1197

No passado mês de março, o F.C Concordia festejou o seu 100° aniversário e para o efeito realizou uma assembleia extraordinária ordinária com todos os seus delegados, na Grand Salle de Vennes, em Lausanne, Mas, para celebrar a efeméride, o Professor Ricou, do Museu do Emigrante em Lausanne, recebeu o pedido de pintar um quadro alusivo ao fantástico momento deste clube , que tem um longo historial e no qual muitos portugueses já praticaram desporto. O quadro, como não poderia deixar de ser dada a enorme sensibilidade artística do Professor Ricou, com cores muito vivas e alegres, demonstra toda a vida deste clube centenário, desde a sua fundação, até aos dias de hoje, aliado à perseverança dos valores éticos e desportivos no seio da sociedade. Falámos com o nosso amigo de longa data no dia desta assembleia, na Grand Salle de Vennes, que nos disse sobre o acontecimento.

— Como habitante da cidade de Lausanne, deve ter sido uma honra ter recebido a incumbência de pintar um quadro alusivo ao centenário deste clube?

Professor Ricou –Já se vê que foi uma honra muito grande e eu estou satisfeitíssimo, por ter sido o candidato escolhido para fazer este trabalho artístico, que é tão comemorativo dos 100 anos deste clube. Evidentemente, eu como professor de artes visuais, preocupo-me muito com a formação dos jovens, não somente no aspecto desportivo, mas também cívico, podemos dizer que esta é a minha modesta participação.

–Qual foi a fonte de inspiração para este quadro ser concebido de forma tão eloquente?

Professor Ricou – Foi um trabalho intenso, levei 42 dias a conceber esta obra, posso dizer que foi uma maratona, os prazos eram muito curtos mas, enfim, com a inspiração que me veio de lá de cima consegui resolver este assunto. Nós estamos numa cidade que tem como fundo as Olimpíadas, não será assim? É uma cidade Olímpica, e eu comecei por aí, com a história dos anéis e depois pensei nas famosas cabanas que acabaram com a construção do novo estádio, tudo isto foi um ponto de partida e depois a inspiração fez todo o resto. Nada foi feito segundo um plano específico, posso dizer que tudo foi acontecendo de forma natural. Foi feito à medida que as ideias iam chegando.

–Onde vai ficar este quadro?

Professor Ricou – Este quadro vai ficar exposto de forma permanente no restaurante do novo estádio que está a ser construído. É o estádio de todos os clubes de Lausanne e de todas as competições que possam vir a acontecer.

–Podemos dizer que o cunho indelével do professor Ricou vai ficar marcado em Lausanne?

Professor Ricou –De certa forma eu sou um filho adoptivo desta cidade. Não fiz de propósito, mas de verdade que posso dizer que é uma recompensa muito grande…

–A atividade artística continua com força e como está o Museu?

Professor Ricou – Posso dizer que está tudo muito intenso, não só a atividade museógrafa, as visitas guiadas, as exposições, as comemorações, datas importantes durante o ano, mas o meu trabalho artístico, já se vê, é um complemento para o museu, mas também é um trabalho artístico independente …

–Quer dizer que a produção de obras continua?

Professor Ricou – Constantemente. Não paro de pintar. É uma avalanche enorme de atividades de pintura e de desenhos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here