Final do Tour de Suisse em Bellinzona, com a Europcar de Carlos Sardinha

0
1602

Um fim de semana recheado de emoções, no seguimento do generoso convite do diretor geral da Europcar, Carlos Sardinha, em que se acompanhou também com o Armindo Alves e o Jorge Rodrigues do Centro Lusitano de Zurique, o final do Tour da Suíça em bicicleta, que teve o seu epílogo na bonita cidade de Bellinzona no Ticino.  Desta vez o popular corredor Rui Costa não participou no Tour de Suisse, vencedor por três vezes desta prova, mas contou com o Nelson Oliveira e o José Gonçalves.  Carlos Sardinha tem 57 anos de idade, natural de Sintra, chegou à Suíça no dia 17 de julho de 1971, para a Vila de Chatel St Denis, onde mais tarde tirou a sua licenciatura em Gestão e Marketing. É diretor geral da empresa desde o ano de 1993 e dá trabalho a 450 pessoas, entre as quais cerca de 120 portugueses. O Carlos Sardinha, entre outras atividades de relevo, é ainda o administrador do Centro de Congressos em Montreux. Mas, na verdade, os dias 20 e 21 de maio ficaram marcados pela emoção desta comitiva em poder acompanhar bem de perto as atividades dos ciclistas e todo o seu staff, uma azáfama que emociona pelo empenho de todos os seus elementos, como a direção do próprio Tour. Nada pode falhar, desde a segurança dos ciclistas aos milhares de pessoas que assistem a todo o espetáculo que a caravana proporcionou na passagem pelas ruas do Ticino. Carlos Sardinha confidenciou-nos que a Europcar acaba de assinar mais um contrato com o Tour para os próximos 3 anos, marcando, assim, uma presença de relevo nesta importante competição que, segundo o nosso guia, Daniel Schnider, também ele antigo ciclista profissional, diz ser a 4.ª mais importante prova ciclista no mundo, depois do Tour de França, o Giro de Itália e a Vuelta de Espanha. Também nos disse que o Tour de Suisse é muito importante para as estrelas do ciclismo mundial atual, dado ser uma excelente plataforma de treino para a mais importante prova ciclista no mundo; o Tour de France, que se inicia dentro de dias. Assim, Carlos Sardinha teve praticamente o fecho do Tour nas suas mãos, ao atribuir o último prémio no pódio de Bellinzona, ao entregar a malha do ciclista “ Bester Jungprofi Europcar”, que é nada mais do que menos do que o mais jovem ciclista profissional, e o vencedor foi o Mas Nicolau Enric. Uma nota para o excelente contra relógio do nosso Nelson Oliveira, que se classificou no quarto lugar da prova, o que augura coisas boas para o Tour de France. Também uma boa prestação do José Gonçalves que vai participar na Vuela a Espanha. Uma palavra de agradecimento ao Carlos Sardinha pelo excelente fim de semana que foi na verdade uma experiência única e inesquecível. O vencedor do Tour da Suisse este ano foi o australiano Porte Richie.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here