Edição Julho 2013

0
1398

A taxa de desemprego na Suíça não tem a mesma expressão do que aquela que existe em toda a Europa, e muito em especial os números que o nosso país apresenta. A Europa tem mais de 26 milhões de desempregados. Um fenómeno que faz com que muitos coloquem em causa o espírito europeu e as políticas do velho continente. Em Portugal a taxa atingiu os 17,2% da população. Na Suíça, a taxa situa-se nos 3.1%, mas a comunidade portuguesa é a que mais pessoas tem inscritas à procura de um posto de trabalho. Nunca é demais falar na formação profissional, uma valorização pessoal que pode abrir muitas portas no mercado de trabalho. Nos tempos que correm a Suíça não se padece com as limitações dos portugueses dado que tem muita oferta para satisfazer os pedidos das empresas. Depois da entrada da cláusula de salvaguarda a Suíça tem limitado o número de autorizações de longa estadia, como que coloca muitas imposições aos que estão inscritos no Fundo de desemprego e têm de renovar a sua autorização de estadia. Muitas delas, são imposições absurdas que nos leva a questionar os verdadeiros objectivos destas medidas. Devo realçar que varia de cantão para cantão, sendo os da Suíça central muito mais exigentes e intransigentes.

Na próxima edição vamos apresentar um trabalho sobre a taxa de desemprego da comunidade portuguesa no país helvético. A reportagem já deveria ter saído na edição anterior, mas infelizmente é sempre um assunto actual devido às actuais circunstâncias. Também é verdade que o fluxo de portugueses à procura desesperada por um contrato não é tão evidente nos últimos tempos. No entanto, a comunidade portuguesa continua a crescer. Os últimos números das autoridades apontam para cerca de 247 mil portugueses registados.

Estamos no tempo de férias. Aproveito para desejar a todos os nossos leitores e amigos um repouso merecido e para quem conduzir, todo o cuidado é pouco.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here