Edição Fevereiro 2016

0
1195

As eleições presidenciais serviram para testemunhar a enorme indiferença que acomunicação social nacional, os políticos e comentadores têm pela emigração. Não houve um único comentário sobre as votações para a eleição do presidente da república, no seio da diáspora portuguesa, que está espalhada por todo o mundo. Centenas de compatriotas emigrantes exerceram o seu direito cívico e nem uma palavra por parte dos grandes jornais nacionais, ou de qualquer iluminado comentador. E são muitos. Quando um português parte da sua terra à procura de uma vida melhor, fica desde à partida limitado na sua ligação à pátria. A verdade é que apenas um candidato visitou a comunidade portuguesa na Suíça, Edgar Silva, e todos os outros destacaram mandatários em sua representação. A elevada abstenção que quase todos mencionaram tem a ver, também, com o elevado número de portugueses que partiu de Portugal para um outro país, e que ainda não estão recenseados no posto consular da circunscrição que corresponda à área da sua nova residência. Podemos falar do desencanto de políticas menos assertivas em relação ao desenvolvimento económico, podemos falar de políticas de todo o género, mas a verdade é, que para muitos portugueses, emigrar é sinónimo de estabilidade financeira e a forma de poder alcançar muitos dos seus objetivos pessoais, que acabam quase sempre por se realizarem no nosso país. A emigração é um ponto de captação de riqueza, em diversas vertentes, que são muito importantes para o nosso país, mas,no sentido inverso, a indiferença e a pouca atenção para os problemas de fundo, como a tributação fiscal para os portugueses que desejam regressar ao nosso país, aquando da sua reforma, continuam ainda esquecidos por quem de direito. Contudo, parece que o novo presidente da república, Marcelo Rebelo de Sousa, deseja comemorar o próximo dia 10 de junho, dia de Portugal e das comunidades, nas comunidades. Se assim for, é um sinal positivo para reconhecer quem labuta fora do seu país, independentemente de qual seja o país em que ele estará presente.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here