Edição Agosto 2017

0
835

Estamos numa época em que a comunidade se parece desligar das suas atividades habituais. Os Centros não têm tanto movimento, há apenas alguns torneios de futebol, mas na verdade pouco mais acontece no seio da nossa comunidade. As pessoas enchem-se de entusiasmo para ir passar as suas férias ao nosso país junto dos seus familiares, recordar a sua terra natal e avivar as suas memórias. É assim todos os anos. Um ciclo que alenta as forças necessárias para que uma pessoa siga o seu percurso à procura de uma vida melhor. Uma vida que em Portugal seria muito difícil, para não dizer impossível, de se conseguir. Mas o amor à mãe pátria fala mais alto, mesmo se o Estado pouca ou nenhuma consideração tem pela diáspora portuguesa. Mas não vamos entrar em pormenores. Queremos, isso sim, é desejar que tudo corra pelo melhor nas férias de todos os portugueses, que façam as suas viagens em segurança, que a calamidade dos fogos termine de uma vez por todas, que seja desta que se implementem as medidas necessárias para que não se repita este flagelo. Mas, claro, muitos outros também esperam que os emigrantes façam muitas compras e invistam muito dinheiro; para muitos, o ser emigrante é sinónimo de negócio e pouco mais. Se os portugueses vivem bem ou não, se alguém tem dificuldades ou não, isso pouco interessa. Já o disse no passado, e volto a repeti-lo, nem todos os portugueses que vivem fora do seu país são emigrantes de sucesso. São, isso sim, homens e mulheres de trabalho e de muito sacrifício. Muitos com imensos problemas de saúde e as instituições no país de acolhimento não reconhecem as suas incapacidades e, assim, todos os sonhos de uma vida melhor foram atirados ao tapete. Muitos outros morreram no seu local de trabalho, deixando dor e uma saudade incomensurável. Em suma, estejam atentos à estrada, para aqueles que viajam de carro; gozem bem e regressem com forças para mais um ano de trabalho. Porque a vida de emigrante é essencialmente uma vida de trabalho.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here